Zevista Zemanal 1

Sexta-feira! Dia de “Zevista Zemanal”, com o que há de interessante na mídia inteligente!

APPs

O Flipboard não é nenhuma novidade. Com ele, você recebe só o tipo de notícia que quer. Aliás, recebe exatamente o tipo de notícia que quer – e mais nada. Já pensou em como seria o Facebook sem a parte social? Só com as informações do que você gosta? Pois é!

Depois que refinei minha lista de revistas do Flipboard, reparei que acesso bem menos as páginas dos jornais tradicionais. E dá pra receber notícias em outros idiomas também!

Outro app básico é o Readability. Com um add-on no browser, você marca o texto pra ler depois e acessa o artigo mais tarde, no tablet, computador ou celular. E só o artigo, sem comerciais e distrações. Excelente!

Um pequeno macete entre os dois pra quem acessa notícias em outros idiomas é configurar o “ler depois” do Flipboard para o Readability. E no Readability, usar os dicionários do tablet ou celular.

Jogos

Device 6

É um aclamado título com puzzles de texto. Curto e brilhante. Sei o que você está pensando:

_”Puzzles de texto? Minha nossa, tem coisa mais chata do que isso?”

Não se engane. Device 6 é tão estranho quanto intrigante. Jogue! $3,99 é uma pechincha pela experiência que ele oferece. Mas só em inglês.

Lumo Deliveries

Esse não é exatamente um jogo. É feito pra parecer com um, mas não testa nenhuma habilidade. Nem memória, nem reflexos, estratégia, nada.

Então, pra que raios jogá-lo? Bem, eu não sei! Só estou indicando aqui porque ele é um excelente exemplo de exploração da impaciência dos nossos dias.

Nesse “jogo”, você faz entregas. Enquanto isso, espera. Se não quiser esperar, paga (com dinheiro de verdade). E pra quê? Pra comprar veículos que vão mais longe, cujas viagens demoram ainda mais. Mas existe uma maneira de não esperar. Isso mesmo! Mais dinheiro!

Lumo tem boas artes, mas a intenção do aplicativo é a pior possível: Fazer seu córtex pré frontal acender como o farol que chama o batman! É fácil ver porque pessoas compulsivas podem ser atraídas por ele.

Se você conhecer outros aplicativos, máquinas ou métodos de compra com sistema parecido, comente!

Filmes

Em “Nightcrawler” (“Abutre”, em português), Jake Gyllenhaal dá uma aula de interpretação. E seu personagem dá uma aula de “prática deliberada”. Ou seja, em como se tornar um expert em pouco tempo.

Vale a pena assistir tanto como motivação pra estudar quanto simplesmente pra curtir um filme muito bem feito.

Livros

Em O poder no hábito, Charles Duhigg dá um panorama de como hábitos podem ser formados, trocados e desfeitos.

O livro é bom, mas no ímpeto de contar a melhor história possível, o autor toma enormes liberdades. E por conta disso, a grande parte final do livro é um enorme conjunto de “não foi bem assim”. Mesmo assim, vale a leitura.

Mastery, de Robert Greene, é um livro que tinha tudo pra ser muito bacana. Conta de forma muito atraente a vida cotidiana e o caminho que vários famosos da História cruzaram até serem especialistas.

E analisa essas vidas por páginas e mais páginas tentando te convencer a fazer as mesmas coisas que tornaram Mozart, Da Vinci ou Faraday os personagens históricos que são. E essas partes, que não são pequenas, são muito irritantes. Em inglês.

Pense como um Freak é o livro mais novo de Steven Levitt e Stephen Dubner, a dupla por trás de Freakonomics (outros livros, filme e programa de rádio). Um economista, e o outro jornalista.

Os assuntos são variados, sempre com uma abordagem que nos faz pensar sobre como assuntos aparentemente aleatórios podem ter um impacto grande na nossa vida.

O livro foi lançado em português, e sem dúvida nenhuma vale a pena ser lido!

Podcasts

Eu sempre indico o podcast do Mauro Halfeld pra quem quer aprender finanças pessoais. Ele é doutor em economia, conhece o mercado brasileiro, é muito razoável e os áudios tem pouco mais de 2 minutos! Imperdível!

Deixe sua opinião