Curso de Meditação Budista Tibetana

Desde o ano passado estava de olho no curso de meditação budista tibetana oferecido na plataforma do Coursera, pela Universidade da Virgínia, EUA. E a data de início foi adiada várias vezes.

No Coursera, todos os cursos são gratuitos (tirando as especializações), e paga-se apenas pela certificação, caso seja desejada.

Quando o curso teve início, vi o porquê de tanto atraso. A abrangência do curso é muito grande:

  • Tradições das práticas;
  • Adaptações à práticas seculares – ou seja, dissociadas do budismo;
  • Panorama das pesquisas científicas mais recentes relacionadas à meditação;
  • História da meditação no ocidente;
  • Oficinas de meditação com práticas guiadas.

Os palestrantes são muito competentes, entre acadêmicos, escritores, pesquisadores e monges, até com palestras traduzidas do tibetano para inglês.

A primeira semana é uma apresentação rápida do staff e da montagem do curso, que dá a impressão errada de que o curso é fácil de acompanhar. Não é!

Na segunda semana, as palestras do professor David Germano começam com considerações filosóficas muito fortes. E a maneira acadêmica dele não facilita. Dá pra ver que foi a impressão da maioria pelos comentários. Mas os pontos que ele aborda são de nível muito alto, e vão agradar sobretudo quem já tem familiaridade com as práticas e/ou com o budismo.

Os monges são muito simples e objetivos. Quem tiver dificuldade com a hora e meia de explicação do prof Germano, pode assistir os 14 minutos do Khempo Tsultrim Lodro, que é um resumo bem direto (especialmente pros iniciantes). Todos os vídeos dos monges são assim, curtos, com bons argumentos e facilmente inteligíveis.

A parte de História é interessante, mesmo falando principalmente de como a meditação chegou aos EUA.

É bacana a relação com a cultura de massa, como em livros de Aldous Huxley, Jack Kerouac e até numa música dos Beatles (que cita o Livro Tibetano dos Mortos).

As oficinas de meditação de Anam Thubten e Anne Klein são muito úteis pra entender esse início. E o vídeo com Tsoknyi Rinpoche é simplesmente imperdível.

A parte de neurociência, ministrada por Clifford Saron, tem por volta de 2h (no total), que passam voando! O prof Saron constrói seu argumento com estudos científicos muito atuais que não têm relação direta com meditação, e a conclusão é realmente fascinante.

Pra quem ainda não tem disponibilidade de acompanhar o curso, segue um belo TED com o prof Saron (vídeo que não faz parte do curso):

Ao todo, essa semana tem quase 5h e meia de material denso, cheio de referências, sites e bibliografia, que com toda certeza vão satisfazer quem procura conhecer um pouco mais do assunto.

Rumo à semana 3!

2 Comentários

  1. razmth
    ·

    Bacana demais! Eu me inscrevi, mas fiquei com receio de começar ao ver o tamanho da introdução. Não quero interromper e retomar do meio do caminho depois. Vou ver se me organizo melhor ou se deixo pras férias.

    Responder
    1. ZNP
      ·

      Vou ser franco: se quiser pular toda a parte do prof David Germano, pode confiar que o que o monge fala em seguida resume bem. A parte de neurociência e pesquisa da meditação é sensacional. O prof Clifford Saron é excepcional! Vai curtir! Mas prepara que é muito, muito material! 😉

      Responder

Deixe sua opinião