O Cérebro de Buda

Editado em 2012 no Brasil pela Ed Alaúde, o livro “O Cérebro de Buda” não é exatamente uma novidade. Mas isso não o torna menos impressionante.

Desde o começo, Rick Hanson usa neurociência para explicar como a meditação funciona, além de princípios do budismo. E o faz sem exagerar na doutrina, nem nas pesquisas.

Com pouco mais de 200 páginas, o livro deve interessar especialmente a quem já tem familiaridade com o tema. É dividido em:

  1. Origens do sofrimento
  2. Felicidade
  3. Amor
  4. Sabedoria

E embora essa divisão não inspire muita confiança na relação com neurociência, vou colocar aqui o TED do autor sobre um livro mais recente: “Hardwiring Happiness” (recentemente editado no Brasil com o nome “O Cérebro e a Felicidade“), que é um tema que ele também aborda no Cérebro de Buda (não ligue muito pras legendas). Assim, você pode conferir o estilo de sua narrativa:

É um daqueles livros baratinhos, especialmente em formato digital, mas que tem um bom potencial pra causar um grande impacto na sua vida.

4 Comentários

  1. Anônimo
    ·

    Tá salvo nos favoritos! Vai ser um dos livros que vou ler nas férias de Janeiro. O TEDx vou assistir depois da facul 😀

    Responder
    1. ZNP
      ·

      Opa! Não vai se arrepender, especialmente se já tiver começado a meditar! O TED é rapidinho e vale a pena. Já dá pra ver qual o tipo de narrativa do autor!

      Responder

  2. ·

    E aí Z, estou interessado em aprender sobre meditação para combater a autossabotagem e o estresse. Pelo que entendi, esse livro do Buda é para quem já tem algum conhecimento sobre. Mas, e para aqueles zerados, o que recomenda? Estava pensando no livro Atenção Plena de Mark William ou Silêncio: o poder da calma em um mundo barulhento. São uma boa? Indica outra estratégia?

    Responder
    1. ZNP
      ·

      Olá Lucas!

      Acho que você vai ficar muito satisfeito com os resultados da meditação se for consistente. Minha indicação é o livro 10% Mais Feliz, do Dan Harris. É muito leve, e ótimo principalmente pros céticos. O Atenção Plena tem um programa de oito semanas com meditação e tarefas diferentes. Não é tão leve, mas é bem pratico. Pode bem ser o livro seguinte. Mas o principal é sentar e prestar atenção na respiração. É simples. Só não é fácil! 😉

      Feliz 2017, amigo!

      Responder

Deixe sua opinião