Kogen Kamahori

No último dia 21 de outubro, o monge budista japonês Kogen Kamahori terminou uma parte dum duríssimo treinamento no caminho da iluminação.

Ficou nove dias sem comer, beber, dormir, ou mesmo deitar, enquanto recitou um mantra 100 mil vezes. Desde 1945, ele foi a 13ª pessoa a concluir essa etapa, chamada doiri (que significa “entrar no salão”).

O treinamento completo, que dura sete anos, tem mil dias de caminhada não consecutivos. O mestre Kamahori começou o programa em 2011 e deverá terminar em setembro de 2017.

A escola de budismo do mestre Kamahori é a Tendai, que chegou ao Japão no século VIII e formou outros pensadores de outras escolas japonesas, como Nichiren, Honen, Shinran e Dogen.

Fundado em 788, o templo Enryakuji, no Monte Hiei, também abrigou os temidos monges guerreiros (Sohei), razão pela qual foi destruído em 1571 por ordem de Oda Nobunaga.

Ao terminar a façanha, o monge de 41 anos saiu andando de uma instalação do templo, acompanhado por outros monges e assistido por cerca de 600 pessoas que esperavam para parabenizá-lo.

Em todos os anos que acompanho os vídeo games, já vi muitas notícias de jovens morrendo de exaustão depois de algumas noites seguidas jogando. E provavelmente nenhum deles estava em jejum.

A impressionante firmeza de propósito desse monge pode ser uma boa oportunidade de reflexão sobre o uso do tempo.

Daqui pra frente, procrastinar só em competição!

6 Comentários

    1. ZNP
      ·

      E uma força de vontade monstruosa, né? Por muito tempo pensei no que seria mais difícil – se completar um ultra triathlon ou o doiri – e ainda não cheguei a uma conclusão. O que um cidadão com uma motivação dessas não consegue?

      Abraço, raz!

      Responder
      1. razmth
        ·

        Muita perseverança também! Fico até envergonhado, haha! Ele relata alguma coisa?

        Abraço, Z! Boa semana!

        Responder
        1. ZNP
          ·

          Pois é, raz! Não achei nenhuma entrevista com ele. E o curioso é que esse teste foi encurtado em um dia! Antigamente tinha 10 dias, mas mudaram porque muita gente morria tentando. Que bom que agora são “só” nove, hein?!

          Abração raz! Boa semana!

          Responder
          1. Erich94
            ·

            Que doideira! Se eu tivesse 1/100 da perseverança de um cara desses…

          2. ZNP
            ·

            Pois é, Erich! Imagino que procrastinar pra um cara desses seja como um nano suicídio. Mas chegamos lá! Falando nisso, você tá fazendo falta na Copa de Procrastinação!;)

            Abração e boa semana!

Deixe sua opinião