Burgão do Food Truck

Já não era a 1ª, nem a 2ª vez que eu ia até o bar, bebia uma cerveja bacana, e arrematava com um burgão do food truck que parava na frente.

A carne era ótima: macia, suculenta e saborosa. O pão era na medida, sem ser grande demais pra dar volume, equilibrando os molhos sem estar ensopado.

Me deu uma vontade tão grande de fazer em casa um hambúrguer como o das hamburguerias que… fiz!

Comprei uma peça de maminha e pedi pra cortarem o excesso de gordura. A ideia de usar a carne limpinha é saber quanto de gordura será adicionada. O melhor é entre 15 e 20%. É ela que dá liga, evita que a carne se parta, além de dar sabor. Se colocar demais, a carne encolhe na hora de fritar (lembra desses prontos, de caixa?). Se colocar de menos, o hambúrguer se parte, fica seco e sem gosto. Tive uma ideia malévola e usei gordura de bacon! O defumado… ahh…

Claro que dá pra usar outras carnes. Mas fazer com uma carne boa faz diferença. Apenas experimente.

A patroa fez este pão australiano, mas ao invés de usar uma forma, fez pãezinhos redondos.

Enquanto os pães assavam, fiz os hambúrgueres com 180 gramas. Sem sal nem nada.

Antes de fritar, esquentei bem a frigideira em fogo médio. E só precisa usar um pouquinho de óleo no primeiro (colocar o óleo só com a panela quente evita que ele queime). O restante vai só na gordura.

Pra deixar os hambúrgueres no ponto (interior rosado e úmido), deixei exatos 2min30s de cada lado, só tocando neles pra virar. E assim que eles entravam na frigideira, sal. Pimenta-do-reino só quando virava, pra evitar o gosto da pimenta-do-reino queimada.

O queijo (caso tenha) pode ir no final, ainda na frigideira. Em um dos hambúrgueres, usei um pouco de gorgonzola.

Assim que eles saíam, descansavam entre 1min30s e 2 min pra escorrer o excesso de líquido. Importante pro hambúrguer ficar suculento por inteiro e não pingar no prato!

Outra dica bacana é selar o pão com um pouquinho de manteiga. Mas bem pouco mesmo, o mínimo! Fica ligeiramente crocante e isola os molhos.

Enquanto o hambúrguer descansa, bacon enrolado em papel toalha, 1min30s de cada lado no microondas. O papel toalha é indispensável, porque o bacon vai soltar muita gordura, e praticamente se transformar num brócoli crocante, defumado e saboroso.

A maionese pode ser ligeiramente temperada. Uma mostardinha picante também ajuda. Só vale não exagerar, porque molho demais… é demais!

No final, o choque: não poderia imaginar que era tão fácil, nem tão delicioso! E pelo preço de pouco mais de 2 hambúrgueres no food truck, fizemos 7 em casa, e com ingredientes excelentes.

As dicas mais importantes, deixei em negrito, acima.

E agora tenho até um aro pra moldar o hambúrguer! Adeus, filas do food truck!

Burgão Caseiro

8 Comentários


  1. ·

    Hehehe! Esse ZNP é cheio de artimanhas!

    Eu faço os hambúrgueres em casa também há algum tempo e com uma carne mais magra: patinho. Para dar liga, a cada 500g acrescento um ovo.

    Porém, além de ti, um amigo me disse que maminha é uma carne mais saborosa e farei os próximos com esse corte. 🙂

    Esse pão australiano é novidade para mim, o matuto aqui nunca teve vontade de ir ao outback experimentar isso e as outras guloseimas de lá. Fiquei curioso!

    Mais uma vez, um post rico e repleto de detalhes! Valeu por compartilhar a experiência… vou ter que te imitar pelo bem da ciência. 😀

    Um abraço

    Responder
    1. ZNP
      ·

      Opa! Pode experimentar, que é garantido! Coloquei todas as dicas pra funcionar, e… Funcionou! Mas o seu hambúrguer está na frente do meu: 500g é show! Hehehe! Posta a foto do seu próximo!

      Abração!

      Responder

  2. ·

    Mas que beleza! Só falta o truck agora.
    Nosso amigo de codinome “RoseMaster” se especializou em burguers caseiros de fraldinha e bacon. Ele tem a vantagem de usar a churrasqueira e carvão.
    Abs

    Responder
    1. ZNP
      ·

      Imagino que o Rose esteja meio na inatividade agora, mas boa dica! Vou usar fraldinha no próximo! Só não vou fazer a carvão, mas tudo bem. Isso é pra quem pode, não pra quem quer! Hehe!

      Abração, BK!

      Responder
  3. Feijão
    ·

    Grande Z, fiquei com vontade de experimentar em casa também. Só preciso de uma orientação quanto ao preparo do hambúrguer, já que nunca fiz em casa.

    Feijão

    Responder

    1. ·

      Grande Feijão!

      Eu também nunca tinha feito! Hambúrguer é só carne e gordura. Depois de limpa, pode pedir pra cortar a carne em pedaços pequenos e moer 2x junto com pedaços de gordura na proporção de 15 a 20%. Vai ficar mais uniforme.

      Usando uma balança, faça bolinhas de 180 a 200g. Se tiver aquele aro de 11cm pra fritar ovo, coloque o carne ali e molde o hambúrguer, usando uma colher pra afundar o centro ligeiramente. Isso vai fazer o hambúrguer ficar uniforme na chapa, e não parecendo um polpetone.

      Se for fazer alguns, deixe na geladeira os prontos. Na temperatura ambiente a carne perde líquidos.

      Sal, só na chapa. Se colocar na carne, o sal tira água, deixando a carne mais dura. É isso aí!

      Abração!

      Responder
  4. razmth
    ·

    Essa receita tá sensacional! Esses burgões não têm muito mistério e ficam uma delícia de todo jeito. Um incremento pra esse ou pra outras combinações que gosto bastante é a cebola caramelizada no açúcar mascavo, ô coisa boa!

    Responder
    1. ZNP
      ·

      Os macetes funcionam! Fiz com bacon caramelizado ontem! É bom e não engorda! XD

      Responder

Deixe sua opinião