Forçando a Barra!

Não quero fazer nenhum concurso ou TAF. Só juntei a curiosidade pra ver quantas repetições é possível fazer em um mês de treinamento com as normas para testes de aptidão física da PF ou alguma PM rigorosa.

Semana Zero

Antes de postar este texto, passei por dois ciclos de dor muscular. Fiz todas as séries e repetições conforme o figurino, e acordei com aquela dor que não deixa repetir a dose, mesmo sem insistir muito.

Na 1ª vez, só voltei à barra no 4º dia. Na 2ª vez, no terceiro. Ou seja, deu uma semana em que só apoiei a rotina na dieta. A partir daí, tenho feito exercícios diariamente, seguindo o programa do link.

Junto a isso, o déficit calórico. Não estou contando as calorias, apenas reduzi o volume das refeições e tento ir pra cama de barriga vazia. Não quero exagerar e ficar com dores de cabeça.

Comecei com exatos 90kg (1,82m), e estou há quase um ano sem ir à academia.

Nesta semana, comecei a fazer também paralelas nuns bancos altos que tenho em casa. E em seguida pulando corda.

Comecei conseguindo apenas 5~6 barras e 8 paralelas – sem sobrecargas. Não media o tempo de corda, mas calculo em 15~20min.

Também comecei a usar uma sobrecarga de 2,5kg nas barras e paralelas.

Semana 1

Uma semana depois da semana de adaptação, não usei a sobrecarga e tentei a 1ª série: 10 barras. O peso caiu pra 88,2kg.

Aumentei a sobrecarga suavemente, para 3kg. Um incômodo do ombro durante as paralelas sumiu nesta semana.

Passei a medir o tempo de corda, fazendo 30 minutos por dia. O ideal é juntar os pés e sair o mínimo possível do chão. Isso reduz o impacto e diminui as chances duma canelite ou lesão nas articulações.

Mesmo durante o carnaval, segurei meu apetite. Teve churrasco – comi pouco. Teve cerveja – bebi uma. Fui à feira – não comi pastel.

Resolvi não postar no carnaval.

Semana 2

Abri a semana com uma sobrecarga de 5kg. A diferença é boa!

Ontem, depois de duas séries de 8 repetições com 5kg de sobrecarga, consegui 10 barras. Fiquei com expectativas grandes para hoje, mas só fiz 12 repetições sem a sobrecarga. Tudo bem. 

A balança marcou 87,1kg. Dentro do esperado. Não sinto que estou indo rápido demais, e o número de barras parece subir num padrão. Notei que a corda está suportável por intervalos cada vez mais longos.

Comendo de tudo, em quantidades reduzidas. Fiz testes com o pão do Burgão do Food Truck no fim de semana. Comi coxinhas num outro dia. Quando faço isso, capricho nas frutas e verduras nas outras refeições.

Peso inicial | carnaval | hoje
90 | 88,2 | 87,1

No de barras inicial | carnaval | hoje
5 | 10 |12

Nos intervalos acima, são 2 semanas entre a inicial e o carnaval.

Agora começou a semana 3. Vou manter a sobrecarga.

Firme no rumo sem exageros, pra evitar lesões.

Material Extraclasse

E abaixo um vídeo bacana com os fundamentos e a progressão para a 1ª barra. O vídeo começa mesmo em 1 minuto.

E sua rotina? Indo bem? Progredindo? Pode postar abaixo e vamos juntos!

2 Comentários

  1. b~~
    ·

    Bem, eu sou mulher né? Então meu treino é diferente. Mas pedi pro prof fazer um treino bem pesado para que eu pudesse liberar meu cortisol. Na alimentação vivo de cuscuz, tapioca, ovos, feijão, castanhas, peixes, pães de queijo, frutas e iogurtes. Às vezes dá a louca e faço um brigadeiro ou compro um bolinho, hehe. Que engraçado o corpo desse homem do vídeo (o vídeo parado), parece que ele está usando um vestido. Bom treino!!

    Responder
    1. ZNP
      ·

      hahaha! É verdade! A imagem parada tá mesmo meio esquisita! 🙂 Mas as dicas são boas!

      E acho que você faz bem comendo seu brigadeiro sem culpa. Se achar que não pode, qual o sentido de cuidar da alimentação e treinar com constância, né? Também gosto de treinar pernas, mas como estou em adaptação, estou indo devagar. Pular corda depois de fazer agachamentos unilaterais é como nadar com sapatos de concreto! 🙂

      Valeu pelo comentário, b~~!

      Responder

Deixe sua opinião